Arquivo mensais:maio 2010

previously, on Lost..

Previously, on Lost… minha vida… eu era uma pessoa que não gostava de séries. Ou, não tinha “oportunidade” pra assistir.. visto que em meu bairro nunca houve tv a cabo (?) e quando tivemos sky, o quanto pude aproveitar, eu assistia friends e malcolm in the middle.. mas não durou muito, eu já estava no 3º ano e logo viria trabalho e me ocuparia tempo suficiente pra ninguém mais assistir e, logo, cancelarmos tal serviço. Sendo assim, meu pouco tempo de “entretenimento” era gasto investido com namorada, saídas e pouco sobrava pra assistir alguma coisa. Os horários das séries não batiam com meus horários disponíveis.

Foi quando, em 2008, com namoro já terminado, ouvi falar desse tal de “lost”. Sou, tipo, totalmente contra modinhas e ‘tendências relâmpagos’.. o que a princípio pensei que fosse. Mas em meio aquelas temporadas “Globais” resolvi dar uma chance e assistir uns episódios isolados, era a 3ª temporada. Assistia de 2ª a 5ª.. perdia o de 6ª feira e alguns outros, mas por fim até que conseguia entender alguma coisa, mesmo totalmente fora do contexto. Gostei do formato da série, com aqueles flashbacks de cada personagem (, etc) e resolvi pegar dvds emprestado pra assistir. Estava prestes a começar a 4ª temporada nos EUA.

Peguei dvds da 1ª temporada, assisti em puco mais de uma semana. Da 2ª estavam demorando a emprestar e foi daí que comecei minha vida de baixar seriados na internet pra assistir, (até então, só Lost mesmo). Fui baixando os ‘RMVB legendados’ e assistindo.. demorei pouco mais de duas semanas. Aconteceu o mesmo com a 3ª e, enfim alcancei a 4ª temporada, que estava sendo transmitida nos EUA. Começou a melhor parte, aquela de viver a espectativa de cada semana esperar o episódio sair na internet pra baixar no outro dia e assistir. No caso da 6ª fui pior ainda, esperava ainda no mesmo dia (da transmissão dos EUA) o AVI sem legendas (fazendo incessantes buscas no twitter) e esperando (pouco mais de) 1h depois (às vezes 2h) o @legendas liberar as legendas do episódio. Assistia o episódio no mesmo dia madrugada e no outro dia, nas quarta-feiras, eu estava um caco, um lixo, no trabalho — mas feliz, por ter assistido.

Lost era uma série que exigia paciência. Foram SEIS temporadas. Acompanhar uma “mesma história” (na verdade, cada temporada é uma história diferente pra mim) durante 6 temporadas não é pra qualquer um. Aí vem o final de Lost, último episódio, domingo, 2 horas e 30 minutos de apresentação. Pra quem (realmente) gostava da série, um “espetáculo”. Pro resto, que às vezes nunca assistiu ou assistiu a 1ª temporada e não teve paciência de acompanhar o desenvolvimento da história, críticas. Tipo, não faz o MENOR SENTIDO. Fiquei puto e xinguei muito no tuinter. Mas fazer crítica ou xacota só pra aparecer, sem conhecer metade da história??!? Por favor, me poupe! EU TE DESPREZO! Trollzinhos de m..

Felizmente não vi uma sequer pessoa que acompanhava fielmente episódio a episódio e que não tenha gostado do final. Por mais que achou estranho ou que esperava mais.. ou pensava que seria bem diferente, no mínimo “agradou” o final. 🙂

Bom, comecei com Lost. Gostei. E hoje acompanho mais ou menos 9 séries. Agora dá licença que tou atrasado nuns episódios aqui. 😀