Praia 2010 – Nova Viçosa

Essas férias foram.. legais. Pelo menos acho que muito melhor que as últimas três viagens pra Nova Almeida (2009) e Alcobaça (2008 e 2007), o que, eu sei, não parece muito difícil. Mas se não tenho tanta história pra contar, pretendo pelo menos sevir pra alguma referência pras pessoas que vão pra lá e às vezes buscam no Google, tipo eu. 😡

A Viagem (ida e volta)

Bom, definitivamente, eu não estava nem um pouquinho afim de ir dirigindo dessa vez. Primeiro porque eu havia avisado que não queria ir de 1.0 porque tinha o meu carro (se precisassem, que avisasse antes) e outra que falavam desde o início que devíamos ir com meu primo dirigindo o carro do pai dele (2.0) — o que acabou não acontecendo. -.-‘ Preferi ficar acordado até a hora de viajar (4h) e dormir maior parte da viagem! =P .. que foram aproximadamente 11hs.

Na ida, sem acidentes e, assim como em 2007, tivemos que pegar um “atalho” (trecho de estrada de terra “alternativo”) porque iam implodir uma encosta próximo a estrada e demoraria aproximadamente 4h. oO’ Na volta já não precisamos desse desvio, mas enfrentamos dois leves congestionamentos na estrada já próximo a BH devido a dois acidentes. =T Fora isso, a estrada estava, na maior parte, em bom estado.

Nova Viçosa

Foi engraçado. No primeiro dia eu pensei que seria o inferno.. cidade de Nova Viçosa parecia MUITO parada, praia ruim e tal.. mas logo as opiniões foram mudando.

Primeiro começando pela casa. E QUE casa. Pode me chamar de pobre mas nunca havíamos ficado em alugado uma casa tão boa.. nem a do ano passado que era uma casa com piscina, microondas, tv, onde o próprio locador morava. A casa tinha 4 quartos sendo 3 suítes e com ar-condicionado, o outro com ventilador, tinha tv com (antena) parabólica, 5 banheiros (no total, o que evita muita fila), área para churrasco (e jogos no nosso caso) e uma churrasqueira muito boas, muito bem cuidada e decorada e até um “parquinho infantil” onde meus sobrinhos se divertiram bastante. Enfim, acho que a melhor que fiquei até hoje, alugamos.

A praia em si não é tããoo boa, não tem onda — isso que mata. -.-‘ Tem uma área de sombra boa nos “barzinhos” da beira, uma área grande de areia até o mar, água morna.. mas falta onda (mais forte). O pessoal que frequenta a praia (graças a Deus) é mais bonito que Alcobaça — você pode fingir que não, mas você sabe que isso conta SIM (e nesse quesito tivemos até um pouco de sorte :D)

À noite, que a princípio não parecia ter muitas opções, na verdade tem até bastante, você precisa ter um pouco mais de ânimo pra pegar o carro e ir até o “centro”/pracinha — porque no nosso caso ficava um pouco distante. Nos fim-de-semana inclusive tinham até shows. tivemos até a honra de em um desses conhecer a Sandrinha, dançando toda desinibida bem na nossa frente. :s E pelo visto ela é bastante “conhecida” na região, muitos a comprimentavam.

Éramos no total 20 pessoas (contando 3 as crianças).. ou 21 se contar com a Ana Beatriz ainda na barriga da minha irmã (5 meses) — sim, da mesma família. Vó, mãe, irmã, irmão, primos, sobrinhos, tios, etc. É normal que aconteçam algumas.. “intriguinhas”.. são 20 pessoas bem diferentes. Mas nada que pudesse estragar a viagem, soubemos lidar com a diferença e o respeito de cada um quando precisou. 🙂 E no fim das contas nos divertimos demais! Até minha vó que dificilmente gosta de algum lugar assim estava gostando, e ia a praia com a gente praticamente todos os dias! 😀

Embora alguns não, eu pretendo voltar 😀 e sei que minha mãe e vó também! E meu pai, que nem foi, deve tá louco pra ir depois das fotos e vídeos! o/

(em breve, atualização com algumas fotos)

Deixe um comentário