30.07.2007…

Parabéns para eu
Nesta data querida…
Muitas felicidadeeees…
Muitos anos de vida!!

Há 23 anos atrás nascia, o que pelo nome significa (e eu quero muito ser), uma “dádiva do Senhor”. Bonito isso, né?!

Acho que não me resta o que dizer além de “Obrigado, Senhor!”. Ele foi o único que em todo momento esteve olhando por mim (óbvio), nada mais justo.

Comecei o dia muuito bem!.. Tomei coragem de fazer uma coisa que até Deus duvida eu duvidava, logo que desci do ônibus (??). Sem taaaaanto sucesso, mas eu diria que já ganhei meu dia.

Presentes?.. Ganhei o melhor da minha mãe, um almoço no domingo com minha comida predileta e que, modéstia parte, o dela é o melhor: Strogonoff. Ganhei também um não muito agradável no sábado, ganhei uma vitória (2ª consecutiva, dentro da casa do adversário) do Galo por 3×1 no domingo, entre outros.

Abraços?.. Vários aqui na Prodemge, alguns e-mails também.

No Orkut??.. Fiz questão de tirar a data de aniversário e colocar meu nome com caracteres não-literais (мαтнєµѕ) pra evitar. E mesmo assim, convenientes (!) e inconvenientes…

E MSN?.. to off mesmo!.. Até vejo mensagens, mas sem chance de resposta (acho que hoje eu consigo). É triste porque várias pensam que to triste ou magoado com elas, pessoas que amo. Aqui o link: perfil no orkut.

Enfim, acabei respondendo alguns poucos por consideração (poucos mesmo), por critério de distância, pessoas que eu não via há anos, e lembraram (espero que eu não esqueça o delas).

O dia passa e eu ainda me pergunto de onde veio tanta… tanta… sei lá qual a melhor palavra. O resultado é com o tempo. Numa outra oportunidade explico melhor.

Ainda espero acabar o dia afogando num refil de Coca. É só um dia, depois eu recupero. =D

(post sujeito a alterações inclusões constantes sem prévio aviso a medida dos acontecimentos)

=)

Deixe um comentário